RSS

Anjo da minha guarda

18 Oct

Longos suspiros ouviste meu coração expelir!

Longas lágrimas sentiste ao cair pela minha face!

Longos ‘Adeus’ olhaste meus olhos dizerem,

Doce amigo, doce companheiro, doce anjo!

 

Vestido não sei com que roupa, de que côr.

Com cabelos loiros? Pretos? Ruivos? Sei lá!

Não sei se és? Sei lá? Nunca te viram,

Meu amigo, doce companheiro, doce anjo!

 

Voas pelos céus, pelos mares, pela terra,

Sem nunca ninguém te ver, sem nunca ninguém!

Pedes, concedes, achas, entregas…

Cada coisa no seu lugar, ao seu dono!

Cada sonho, desejos, esperanças, vontades…

 

Sem nunca te ver, ouvir e tocar, sinto-te!

Presente, afastado, longe, distante… aqui.

Não importa o que sinta, o que sejas!

És!

Meu doce amigo e companheiro e meu doce…

… anjo da minha guarda!

 

(00/08/10 – 02:31)

Advertisements
 
Leave a comment

Posted by on October 18, 2012 in Perdidos

 

Tags:

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: