RSS

Dor

06 Feb

 

Agonizo perante um céu azul,

Ao ver uma mata virgem verdejante,

Ao tocar num pássaro,

Ao não colher uma rosa.

Agonizo só de pensar

Nos sorrisos das crianças,

Nas trafulhices dos putos,

No amor dos graúdos.

Agonizo por ser quem sou.

 

Um complementa o outro e eu vivo entre as extremidades, consumida pela sensação de sentir. Preciso dessa melodia para completar o vazio que as minhas palavras criam.

Advertisements
 
Leave a comment

Posted by on February 6, 2013 in Perdidos

 

Tags: , , ,

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: