RSS

Lençóis

05 Mar

Fugiste-me pelo corpo acima,

prostrando teu corpo junto ao meu,

arqueando a cabeça

pelo belo prazer de te entregares a mim.

Procurei-te no encalço do meu mundo,

nas paredes do meu sentir,

fechando as fronteiras do não de te perder,

manipulando o sol e a lua para te ter aqui.

Encontrei-te no regaço do colchão,

estremecida pela doçura dos beijos meus,

imaginado, os mundos em que navegas

quando gritas por mim.

Possui-te nas entranhas do entardecer,

nas veias da manhã e no correr fogoso

do dia que bastava ter-te comigo.

Tive-te, nos meandros dos meus braços,

susurrando-te ao ouvido o querer do meu corpo

beijando-te o corpo como quem beija as palavras

do prazer.

Tive-te no crepúsculo da minha vida e,

logo, sem me dar conta, perdi-te

mesmo tendo-te comigo, em mim,

no suor que suo, nas palavras digo,

no sentir que sinto, na visão que tenho

nos meus manchados lençóis.

O princípio nunca é onde nós o desejamos ter.

https://www.youtube.com/watch?v=UAOxCqSxRD0

Advertisements
 
2 Comments

Posted by on March 5, 2013 in Metade de Mim

 

Tags: , , ,

2 responses to “Lençóis

  1. A.S.

    March 5, 2013 at 6:54 pm

    Belo! Intenso! Sensual!… Cada palavra é uma ardente caricia, deslizando docemente sobre a pele…

    Beijoss,
    AL

     
  2. toreadaholic

    March 5, 2013 at 11:36 pm

    Obrigado pelas palavras. É um conforto saber que as minhas sensações são lidas da forma como as descrevo.

     

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: