RSS

Invictas Brotassem

28 Sep

 

Calor imenso, frescura estonteante,
Vales perdidos escondidos de mim;
Territórios bravios, florestas encantadas.
Flores encostadas na minha pele.
Fossem todas elas invictas,
Brotassem e vivessem em flor
E com flor como de seu nome nascessem.
Perfume, bela, simpática, alegres.
Tentam abraçar-me, acariciar-me,
Viver em mim!
Navego por céus azuis e acinzentados
Pelas dúvidas do saber do meu amor.
Não lhes presto atenção.
Se ao menos invictas brotassem
Para mim, como o sol nasce de dia para dia,
Como a lua todas as noites me aparece…
Se ao menos invictas brotassem,
Veias franzinas de ternura e amor
A meu peito se encostassem,
Em meu colo se sentassem,
Em meu ventre invictas brotassem.

 

 

 

 

Advertisements
 
Leave a comment

Posted by on September 28, 2013 in Invictas Brotassem

 

Tags: ,

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: