RSS

A Pedra

18 Mar

 

O tempo vem.

As coisas acontecem.

O espaço penetra no vagar.

 

Cada instância das palavras

pontuam o bater do pensamento escondido.

 

Tudo percorre o momento do agora

como fruto esquecido do vivido

e sem saber do tempo do amanhã.

E todos sufocam na alegria congelada do momento

vivendo as partículas do calor como suas,

de pele sôfrega entre o vizinho e o periquito.

 

A porta apresenta-nos o passado

instantes falados, comentados e lidos

sorrindo na pequenez do meu tamanho

alegrando-me no conhecimento desse meu futuro.

 

A porta deixou-se aberta

num espaço exíguo de conhecimento

entre as sombras dos autógrafos

quereres de algo sonhado, calado.

Mas a porta existe.

O caminho começou.

O tempo vem.

A pedra saltou do bolso e se fez vida.

 

 

 

Advertisements
 

Tags: , , , ,

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: