RSS

falha em saber

06 Jul

 

não tem palavras o que o não sei dizer
nem som tem o ambiente que nos rodeia
sequer auréola iluminar o espaço dos nossos beijos
nada existe fora do que dentro entre nós acontece
pouco respira o oxigénio libertado no beijado respirar nosso
mas tudo existe no segundo da falha da lógica de sentir
no sorriso quase apagado da vida ao nosso redor
em trambolhões de perguntas e respostas, pelo sim ou não
nas emboscadas dos mais altos aos menos apertados abraços
perante as baixas loucuras da superfície ao mais largo círculo do que sei.
sei que não há palavras para o muito pouco que sei existir
tanto mais quanto o que sei saber poder haver.
sei que não sei quase nada para além das sombras do breu espelho nosso
é que nada sei a não ser o que eu sei que falha em saber, ainda.

 

Advertisements
 
Leave a comment

Posted by on July 6, 2015 in Em cima da Hora

 

Tags: , ,

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: