RSS

montanha

03 Jan

 

montanha.
nunca a vi, toquei, senti ou sequer escalei.
não essa das imagens.
nem a do sopé onde me sentei e senti o imenso ser que fui ali
num instante de conversa com o mundo
nunca a abrace e medos me fazem nunca ir-lhe dizer consegui!

montanha.
não a sabia tão minha,
num virar de cabeça, tão intrínseco à minha alma
ao som do bramir de alma de outros cantares
nunca as verei senão ao longe,
tão perto como a minha vida a ser-se algo mais

montanha.
aquele ser que trato de escalar nos segundos do meu respirar
até ao dia de lá chegar e ser-me minha em tudo.

 

Advertisements
 
Leave a comment

Posted by on January 3, 2016 in Em cima da Hora

 

Tags: , , ,

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: